Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Diário de uma CROHNista

"Toda a vida tem um propósito. Se compartilhares a tua história, talvez ajudes alguém a encontrar a própria." 🌷

"Toda a vida tem um propósito. Se compartilhares a tua história, talvez ajudes alguém a encontrar a própria." 🌷

O Diário de uma CROHNista

31
Jul19

Sentimentos...

O Diário de uma CROHNista

Não tenho que ser sempre um sorriso vasto e a luz que tanto transmito como me dizem. Sou humana, cometo erros, tenho os meus dias. Também me zango, tenho direito a enfurecer, a ficar triste, a ficar desapontada. Temos direito de "desmoronar", de gritar no nosso silêncio... Um dia menos bom, acontece. São horas que a nossa alma procura respostas e ajuda. Todos temos direito a estes dias, somos humanos feitos de carne. Não somos máquinas sem sentimentos com botões on e off! 
Hoje estou assim, hoje estou uma pilha de nervos, hoje estou com os sentimentos a flor da pele, hoje quase tudo mexe comigo, hoje estou frágil. Eu não sou de ferro!
Amanhã prometo que será diferente.

FB_IMG_1564557311925.jpg

29
Jul19

Comer? Não me apetece...

O Diário de uma CROHNista

Tudo o que hoje comi me deixou agoniada. Tudo o que hoje bebi me deu a volta ao estômago. Pronto não como. Vou fechar a boca. Sinto-me uma bola.
Abusei nestes dias que passaram?
Olhem abusei, sou humana, gosto de comer. Vejo os outros a comer e porque é que eu não posso comer o mesmo? ... Mas eu não posso. Tenho que me cuidar e tratar de mim. Só me lembro disto quando estou mal, confesso. Quando me a bolsa gigante prestes a rebentar é quando me lembro. "Menina controla-te"! Só me apetece vomitar...
Respira...
Tem calma! Bebe água. Descansa. Muda hábitos. Pensa mais em ti.

IMG_20190729_080956_731.jpg

28
Jul19

Vou ser muito sincera, não me dou com todos

O Diário de uma CROHNista

Não tenho que dar, não quero... problema meu! Não tenho que levar com o teu mau humor, com a tua maneira de ser. Posso até te compreender, mas tu pelos vistos não entendes o meu lado. Quem está a trabalhar sou eu neste momento, não tu! Hoje estou cansada, hoje estou exausta. Parem com comentários impróprios como se estivessem a brincar. O timming é errado. Calem-se! Críticas, desvalorizar e expressões. Deixem-me! Onde está a harmonia, o bom senso e os sorrisos?! Pressão o dia todo. Ninguém aguenta, ninguém é de ferro... Respira... Não temos que estar bem todos os dias, não temos que engolir tudo e todos, não temos que suportar tudo.
Existem limites. 
Hoje cheguei ao meu.
Consciência dorme.
Amanhã falamos de novo!

FB_IMG_1564309718019.jpg

26
Jul19

Dores... pois as dores!

O Diário de uma CROHNista

É incrível como consigo estar grandes períodos de tempo minimamente normal. Inchada sim, como sempre. Mas depois aqueles momentos que parece que me estão a esfaquear o intestino ou alfinetes a picarem-me... sim consigo estar aqui meia hora a descrever as dores que duram 15, 20, 30 minutos seguidos. Aquelas que me fazem contorcer e encolher-me. Aquelas que basicamente não penso em mais nada e só me apetece adormecer para não sentir mais nada. Aquelas que um dia vão ser tão grandes e não as vou puder controlar que vou ter que ir às urgências levar uma injecção de cavalo para evitar situações piores (isto foi o que o médico disse). Aleluia que não são sempre! Existem semanas seguida que não sinto grande coisa, que posso comer e as coisas parecem funcionar de maneira minimamente normal. Sabem o quanto agradeço quando isso acontece?! Sabem o quanto fico contente por me puder sentir "normal" como os outros. Oh alivio de merda digo-vos!
Estou numa dessas fases...
Mas não vou atirar foguetes. Normalmente isto dura pouco. Então deixem-me aproveitar.

IMG_20190726_223501_807.jpg

22
Jul19

Haja paciência!

O Diário de uma CROHNista

Eu quando era criança tinha (ainda tenho às vezes) eczema, sim era uma comichão de perder o juízo. Mas agora é demais! Agora parece que as coisas aparecem do nada e intensificam. Apareceu-me nos braços umas borbulhas que basta coçar um pouco ficam logo em ferida e deixam marca. Põe creme! Aparece-me às vezes umas bolinhas de água que só coçar ficam em carne viva (muitas pessoas têm) mas no meu caso intensificou, fico dias com aquilo activo demais, tento nem pensar em coçar. Põe creme! Sobre o cansaço... Esse eu bem que luto todos os dias. Mas as articulações já perdem a força facilmente. Tem dias que aparece dores em cada parte do corpo. Faço um esforço a mais e já fico "empanada"! É cómico porque pareço aquelas pessoas que têm todas as doenças! A situação é que nem me queixo, já fico calada. Chega a uma altura que aparece de tudo e até já parece exagero contar seja a quem for. Mas é real pelo que os médicos dizem, não é paranóia minha. O sistema imunitário está tão em baixo que a mínima coisa é a dobrar ou a triplicar. Dá para entender, não pois não?!

IMG_20190722_204155_532.jpg

20
Jul19

Exageros

O Diário de uma CROHNista

Sempre que exagero em algo que como, normalmente passado 10minutos começam as dores. As famosas pontadas finas, as "facadas constantes" como lhe chamo. Fico inchada, tipo abóbora, pareço uma grávida de 6/7 meses, a sério não estou a brincar! Tornasse assustador a barriga ficar daquela maneira. As minhas crises variam um pouco, de dores, a gases, a diarreia, a vômitos. É de rir às vezes como um simples "peido" pode causar dor. Ou como ir à casa de banho pode ser um alívio imenso. O pior é saber que o simples facto de "comer" vai fazer algo ao organismo. Muitas vezes não dizemos mas temos "medo" de comer, pois é óptimo (adoro comer!) mas a consequência por vezes é horrível. Optei ao longo dos anos, ir mudando alimentação, para ir sabendo o que me causava cólicas e quanto tempo duravam. Algumas ainda me surpreendem!
Tento agora comer bastante saudável, sem abusos. E sim bebo muita àgua. Esta minha mudança tem dado resultados, fico inchada 10 minutos ainda, tenho tudo fores mínimas, por isso acho que está a resultar.
Tenho alguém do meu lado, que agradeço ter entrado na minha vida, que me ajuda em tudo (mesmo sem saber o que fazer, como ele diz) ajuda-me a encarar isto e quando tenho crises é o meu maior apoio. Tenho uma família incansável. Amigos cuidadosos (poucos e bons). Sou muio grata.

IMG_20190720_161908_929.jpg

19
Jul19

As pessoas são más!!

O Diário de uma CROHNista

Muito más...
"Ai ela é nova, transparece saúde"! Já chega. Ninguém conhece ninguém. Por trás de um corpo e de um sorriso, existem sentimentos e problemas. Desculpem senão ando triste e a lamentar-me todos os dias. Se lido com a vida com satisfação e alegria. Não me julguem pela capa! Esta menina tem um historial que não deseja a ninguém. E o que a faz lutar é que existe quem esteja muito pior e mesmo assim é uma alegria constante. A minha saúde tem fases, tem recaídas. Se me conheceram numa fase boa, ainda bem. Agora não me julguem numa fase má sem saberem nada de mim.
Acham mesmo que queria andar assim? A "cair pelos cantos", sem forças. Juízo! Ninguém gosta de andar doente. E não pensem que gosto de faltar ao trabalho por puro prazer, se o faço é porque não tenho outra opção. E parar para mim é horrível. O psicológico vai tanto abaixo como o corpo. Por isso parem, os julgamentos e críticas uns aos outros. É tão feio. É tão mau.
Ninguém conhece ninguém...

IMG_20190719_211326_934.jpg

 

16
Jul19

Estou nos 30'as ...

O Diário de uma CROHNista

Cheguei a uma idade na minha vida que sinceramente sinto que será a melhor. Ainda tenho tanta coisa para viver que não me preocupo. Não me preocupo senão tenho carro, casa própria, se não tenho filhos, se ainda não casei, se ainda não consegui juntar para tirar a carta. Mas tenho um homem a meu lado que me preenche, uma família linda e as pessoas certas a meu lado. E assim sou feliz! Aproveitamos da melhor maneira, planeamos um futuro. Eu e ele ainda vamos viajar e construir uma vida juntos, sem pressas e com muito amor. Tudo com calma se constrói. Posso não ter tudo o que quero, mas amo e sou feliz com tudo o que tenho!
Já não ligo a metade do que ligava. Quem não me acrescenta saí fora do meu dia a dia. Criticas e julgamentos já nem sequer aceito ouvir de quem não me conhece ou pensa que conhece. Chegas a esta etapa da vida e tornaste seletiva com tudo o que te rodeia. Brinco, sorrio, amo, vivo e digo de alma limpa... "Estou nos 30'as..."

IMG_20190716_082723_133.jpg

14
Jul19

Hoje escrevo para vocês...

O Diário de uma CROHNista

Sangue do meu sangue, minhas raízes, minha bases. Pessoas que lutaram a vida toda. Minha família de garra, com homens trabalhadores e mulheres guerreiras.
Claro que existe sempre aquela vovó e aquele vovô que nos marcam e nos são tanto. Mas estão todos no coração.
Vovô ainda me lembro quando me levavas a escola quando chovia, quando eu era pequena e me deixavas brincar no teu local de trabalho, já partiste e ficaste para sempre na minha memória. Vovó ainda me lembro quando era pequena e dormia a tarde aquela sesta depois do almoço, onde me contavas histórias e eu acabava por adormecer, já partiste e ficaste para sempre na minha memória. Vovô pegaste-me ao colo, olhavas por mim quando corria pelo jardim ou brincava a teu lado pelo pátio, partiste de repente e do nada deixaste um vazio em nós. ...
Minha vovó do coração, mulher guerreira. Convivo contigo, ainda te abraço, te dou um beijinho. Ainda me lembro daqueles lanches que me fazias quando era pequena, de tratares de mim, de dormir algumas noites a teu lado. Olho para esta grande mulher que ainda trabalha e se dedica tanto. Admiro-te!
Não te quero perder! Espero ter-te a meu lado por muitos mais anos. E um dia ainda puderes ver o meu filho(a) para lhe puderes dar um pouco de ti, tal como a mim fizeste.
Eternos são os vovôs e vovós que em nós deixam tanto!

FB_IMG_1563061292085.jpg

10
Jul19

Dores... pois as dores!

O Diário de uma CROHNista

É incrível como consigo estar grandes períodos de tempo minimamente normal. Inchada sim, como sempre. Mas depois aqueles momentos que parece que me estão a esfaquear o intestino ou alfinetes a picarem-me... sim consigo estar aqui meia hora a descrever as dores que duram 15, 20, 30 minutos seguidos. Aquelas que me fazem contorcer e encolher-me. Aquelas que basicamente não penso em mais nada e só me apetece adormecer para não sentir mais nada. Aquelas que um dia vão ser tão grandes e não as vou puder controlar que vou ter que ir às urgências levar uma injecção de cavalo para evitar situações piores (isto foi o que o médico disse).
Aleluia que não são sempre! Existem semanas seguida que não sinto grande coisa, que posso comer e as coisas parecem funcionar de maneira minimamente normal. Sabem o quanto agradeço quando isso acontece?! Sabem o quanto fico contente por me puder sentir "normal" como os outros. Oh alivio de merda digo-vos!
Estou numa dessas fases...
Mas não vou atirar foguetes. Normalmente isto dura pouco. Então deixem-me aproveitar.

IMG_20190710_194127.png

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D